7 DICAS PARA FOTOGRAFAR SHOWS

Atualizado: 15 de abr. de 2019


Sem muitas delongas vou deixar aqui as dicas que separei para vocês :D É comum me perguntarem algumas coisas sobre fotografia de shows, eventos, baladas etc.

Sei que tenho muito a aprender, mas venho aqui compartilhar conhecimento para pessoas que desejam um resultado diferente do que vem tendo, para ajudar quem está começando


Seguem as dicas :D


1 - Fotometria: é claro que em shows, teatros, apresentações, sempre vamos fotografar mais pessoas do que objetos, então a dica aqui é fotometrar o lado que tem mais luz na face da pessoa, as sombras são possíveis de recuperar na pós, os pontos estourados são mais difíceis.

De toda forma, se conseguir configurar bem a câmera vai ter muita luz nas zonas escuras e não precisará se preocupar tanto na pós. Ah, e eu costumo usar medição pontual em locais assim, a câmera dificilmente te passará uma informação precisa devido a diferença de luz.


2 - Foco: o uso das zonas de foco é muito válido para essas situações, tanto para aqueles que tem dificuldade na recomposição usando apenas o ponto central de focagem, ou em questão ao uso de grandes aberturas, que induz a possíveis erros de focagem. Tudo vai depender do desempenho do seu equipamento, e o quão bem você consegue focar e recompor (reenquadrar), se a iluminação não está tão baixa e eu consigo utilizar os pontos mais afastados eu sempre opto por eles, por questão de praticidade.

3 - Velocidade: shows são sempre agitados, os músicos estão se movimentado, e até o movimento das mãos no instrumento pode borrar em baixas velocidades. A ideia é fotografar com o obturador mais veloz possível, para não acontecer nenhum desastre. Fotometrando em um ponto com bastante iluminação (que geralmente tem-se um canhão de luz apontado para eles), não terá problema algum.


Ah Vi, mas ai não vai matar a iluminação natural? Não. Basta ajustar o Iso e a abertura que tudo se resolve.


4 - Iso: outra forma de trazer luz a fotografia é usando o Iso elevado. Trabalhe perto do máximo que a sua câmera puder oferecer de qualidade. Claro que os sensores maiores saem na frente aqui, mas é possível tirar ótimos resultados com um APS-C. Aqui não existe medida, basta conhecer o equipamento e usar o que lhe deixa confortável.

Com a minha câmera APS-C eu não costumo passar de 800, acima disso só em último caso. Já na Full é possível abusar um pouco mais. Se combinar isso com um flash rebatido conseguirá captar toda a luz ambiente e iluminar seu objeto sem nenhum problema.




5 - Abertura da lente: não há dúvidas que todos lhe falarão para sempre usar a máxima abertura possível (por conta do ambiente escuro), mas isso não é 100% verdade. Eu costumo fazer muitas fotos em aberturas 4.0 até 7.1 quando vou fazer uma foto do palco todo, por exemplo. Isso em momentos que você queira mais elementos em foco irá funcionar muito bem.



6 - Modo de disparo: eu costumo sempre trabalhar com disparo contínuo, de preferencia eu deixo a regulagem da câmera de forma que ela trabalhe com ou sem o flash. Caso ele não dispare você não irá perder o click.

Também é uma ótima para não perder momentos específicos, um giro de um dançarino, um pulo ou manobra. Os disparos começam antes e terminam depois da ação, sem a necessidade de esperar o "momento perfeito" para o click.




7 - Flash: em muitos shows e apresentações não é permitido o uso de flash, se for o seu caso, siga as dicas anteriores que dará tudo certo. No entanto, se permitirem, você poderá usar isso ao seu favor. Muitas pessoas dizem que o flash "mata" a luz ambiente, e é verdade, se você não souber usar um flash.

Isso acontece pois é comum o uso do TTL, e existe como fazer funcionar também, mas em modo manual que mora o segredo. Isso pois o flash em manual irá usar muito menos carga, e você poderá executar muitos disparos contínuos e fazer melhor uso de suas baterias. Tente usa-lo rebatido para preenchimento apenas, e fora da câmera via rádio, e os resultados de suas fotos serão ótimos. Dá pra aproveitar e brincar de pintar algumas fotos com luz em uma longa exposição ou modo Bulb :D



Espero que tenha ajudado. Não existem muitos termos técnicos nesse post, nem é a ideia, aqui eu quero ajudar mais quem esteja começando a fotografar, sem complicar muito, como disse no início. Quem sabe posso escrever mais sobre no futuro, com algo mais aprofundado. Até lá, se ficou alguma dúvida, se tiver algo a compartilhar se inscreve no blog, me mande um e-mail, msg, whats, onde for melhor, terei imenso prazer em ajudar e conversar :D Grande abraço a todos e um excelente semana.


Quer ver mais algumas fotos de bandas que fiz!? Acesse meu portfólio: Garage Bar, Iron Maiden Cover em Campinas:

https://www.aniversrio-garag-1.viniciusvieirafotografia.com/p-gina

Balada Club S em Campinas:

https://www.the-black-ties.viniciusvieirafotografia.com/p-gina

Festa Folkyou no Woodstock bar em Campinas:

https://www.folk-you.viniciusvieirafotografia.com/p-gina


#festa #balada #show #campinas #dicadefoto #dicaparafotografarshow #fotografia #fotodebalada #longaexposicao #festaemcampinas #ironmaiden #woods #banda #bandadecasamento #bandadebaile #dicadodia #canonbrasil